Empresária é destaque na Ludovica

Conheça Karla Gomes de Lima, a executiva de multinacional que criou um novo conceito em salões de beleza premium.

Alguns ensinamentos ficam para o resto da vida, principalmente aqueles que são passados pelos pais. Nascida em Goiânia, Karla Gomes de Lima desde os 7 anos de idade ajudava a mãe, costureira, a pregar botões nas roupas. Aos 12, começou a ajudar o pai no atendimento aos clientes do pequeno comércio da família no Setor Pedro Ludovico. Foi dessa época que Karla, hoje com 42 anos, tirou alguns princípios fundamentais para a futura carreira como executiva de telecomunicações e, mais tarde, como empresária.

Já naquele tempo ela aprendeu que conquistas exigem sacrifícios. Formada em 1999 em Ciências da Computação, a hoje bem-sucedida empresária começou a carreira profissional dois anos antes, em 1997, como estagiária não remunerada na área de TI.

Com 20 anos, ela não recebia sequer vale-transporte, mas sabia que aquele trabalho poderia lhe abrir portas no mercado e, de fato, a experiência acabou lhe credenciando para voos mais altos. Após concluir o curso superior, Karla foi contratada como analista de sistemas em uma empresa de porte nacional do setor de telecomunicações, parte de um conglomerado estrangeiro. “Eu carregava computador, cortava os dedos mexendo com cabos de rede”, lembra-se.
Em 11 anos na companhia, ela chegou às gerências de canais e de mercado
empresarial, comandando equipes com centenas de pessoas. Mas o fato de integrar um grupo multinacional fazia com que ela trabalhasse muito e, mesmo assim, não se sentisse segura. “A gente trabalhava das 7 às 23 horas. Vivíamos para trabalhar. Todo mundo chegava cedo e saía tarde, para bater metas e ganhar uma remuneração variável maior. Mas ocorriam muitas mudanças de diretoria. A cada novo presidente, mudavam todas as diretorias”, lembra a empresária, que desde então passou a planejar a abertura de um negócio próprio. “Começaram a terceirizar as áreas e a
gente se sentia muito vulnerável. Cada vez que eu via algum colega sendo desligado, sabia que precisava ter um plano B”.
Em 2009, Karla fundou a Posé Beleza Expressa. Atualmente, a rede de franquias tem 30 unidades e faturou R$ 7 milhões no ano passado. Nos locais, são oferecidos serviços como depilação e manicure, sem agendamento. “Tudo o que a gente pensa em fazer são serviços de até 60 minutos. Os clientes querem facilidade porque o tempo deles vale ouro. No dia a dia, o mais importante é o tempo. Então, a minha ideia é atender no momento em que a pessoa precisa, para que ela tenha tempo para cuidar das outras coisas da sua vida.”

Confira a integra em:
https://www.opopular.com.br/noticias/ludovica/dinheiro/a-servi%C3%A7o-da-beleza-1.1890529

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.